terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Mamey ( Pouteria sapota )

MAMEY

( Pouteria sapota )


Belíssima frutífera nativa da América do Norte e Central. Produz grandes frutos de polpa alaranjada, de sabor doce e muito saborosos. A consistência dos frutos é semelhante ao doce de abóbora caseiro. Podem ser consumidos in-natura, sucos, geleias, doces e sorvetes.

Fruta muito consumida nos países onde se encontra nativa, possui grande valor nutricional. Árvore de médio a grande porte, chega no máximo a 15 metros de altura. Planta muito ornamental.

De fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol. Gosta de solos férteis e úmidos, porém com boa drenagem. Frutifica em abundancia praticamente o ano todo.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Detalhe do fruto

Detalhe de galhos carregados de frutos

Detalhe de bancada de feira com frutos expostos

Suco de Mamey

Bolo de Mamey

Sorvete de Mamey


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Grumichama ou Grumixama Amarela ( Eugenia brasiliensis )

GRUMICHAMA ou GRUMIXAMA AMARELA

( Eugenia brasiliensis )


Nativa da Mata Atlântica Paulista e Carioca, esta variedade é praticamente igual a Grumichama Preta, porém seus frutos são amarelados. Estes possuem sabor doce e agradável, podendo ser consumidos in-natura, sucos, geleias e sorvetes.

Árvore de pequeno porte, não passa de 6 metros de altura. Planta muito ornamental, é uma ótima escolha para se ter nos pomares. Também é uma excelente árvore para arborização urbana ou plantio em jardins. Frutifica de Novembro a Dezembro.

Planta de fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra. Gosta de solos férteis e úmidos, porém com boa drenagem.

Mudas desta variedade são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos totalmente maduros

Detalhe da florada


domingo, 15 de janeiro de 2017

Guanandi ou Jacareúba ( Calophyllum brasiliense )

GUANANDI ou JACAREÚBA

( Calophyllum brasiliense )


Nativa de várias regiões do território brasileiro, foi a primeira madeira brasileira a ser protegida por lei (Madeira de Lei) no longevo ano de 1810 para uso exclusivo do Império. Isso ocorreu devido a excelente qualidade de sua madeira, que foi empregada em diversos usos, principalmente em construções navais e civis.

Árvore muito ornamental e de rápido crescimento, pode ser utilizada no paisagismo ou na arborização de avenidas e alamedas. De grande porte, chega de 20 a 30 metros de altura, porém seu crescimento pode ser controlado facilmente com podas esporádicas.

Também é indicada para uso em reflorestamentos de áreas degradadas. Nos últimos anos vem sendo plantada comercialmente visando o corte de sua madeira, que possui excelente qualidade para uso na marcenaria e carpintaria. 

Planta com atributos medicinais. Seus frutos são apreciados pela fauna, e são considerados como uma Planta Alimentícia Não Convencional (PANC), isto é, possui vários usos culinários tais como: Curtimento junto a cachaça, produção de licores, curtimento em salmoura onde seu sabor adquire semelhança com azeitonas, sucos e geleias.

De fácil cultivo, prefere solos com muita umidade, porém aceita também os mais secos. Deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos

Detalhe de penca de frutos

Detalhe da árvore ainda nova

Guanandis plantados no canteiro central de uma avenida

Detalhe da florada

Detalhe da madeira do Guanandi





sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Ruélia Rosa ou Pink ( Ruellia elegans "rosea" )

RUÉLIA ROSA ou PINK

( Ruellia elegans "rosea" )


Nativa da Serra da Mantiqueira, é uma variação da Ruélia Vermelha que produz flores de cor rosa pink. De crescimento e expansão rápida, não passa de 50 centímetros de altura. Floresce quase o ano todo, principalmente no verão.

Ótima espécie para uso no paisagismo, pode ser plantada em grupos formando canteiros, ou individualmente em vasos. Suas flores atraem beija-flores.

Planta de fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra. Gosta de solos férteis e úmidos, porém com boa drenagem.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe das flores

Detalhe da flor


quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Marang ou Terap ( Artocarpus odoratissimus )

MARANG ou TERAP

( Artocarpus odoratissimus )


Nativo do Sudeste Asiático, o Marang produz frutos semelhantes a Jaca, porém menores. Seus frutos são aromáticos e possui polpa doce e suculenta, de sabor agradável. Podem ser consumidos in-natura, sucos e sorvetes.

Árvore de médio porte, chega no máximo a 10 metros de altura. Possui folhagem muito ornamental. Frutifica de Março a Abril e inicia a produzir frutos em 3 anos após o plantio da muda.

Planta de fácil cultivo, aceita a maioria dos solos. Deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra. Não tolera climas frios ou geadas. 

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos gomos e das sementes menores do que a da jaca

Detalhe dos gomos sem a casca

Tamanho do fruto



sábado, 7 de janeiro de 2017

Abacate Geada ( Persea americana )

ABACATE GEADA

( Persea americana )


Uma das variedades de abacate com menor teor de gordura. Produz frutos grandes, de polpa amarela e volumosa, sendo ideal para o preparo de vitaminas, cremes, saladas ou mesmo consumo in-natura. Muito saboroso, tem massa firme e não contem fibras. Variedade selecionada pela Família Giusti, do Bairro da Geada em Limeira-SP, razão do nome. 

Pertencente ao Grupo A, produz de Dezembro a Março ( Maturação Precoce ) . Muito produtivo, inicia a produção a partir do terceiro ano. Mudas enxertadas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe do fruto cortado


Detalhe dos frutos


sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Pera D'água ( Pyrus communis )

PERA D'ÁGUA

( Pyrus communis )


Provavelmente a primeira variedade Pera introduzida e cultivada no Brasil, a Pera D'água é conhecida pela sua rusticidade e fácil frutificação no clima brasileiro. Produz frutos de casca esverdeada e com polpa branca de consistência dura, logo após serem colhidos. Porém se consumidos alguns dias após a colheita, a polpa fica macia.

De sabor doce e suculento, os frutos podem ser consumidos in-natura, sucos, geleias, sorvetes e compotas. Frutifica no período de Outubro a Janeiro.

Árvore de pequeno porte, cresce no máximo 8 metros de altura, porém é aconselhável realizar podas esporádicas para melhor frutificação. Pode ser facilmente cultivado em grandes vasos.

Deve ser plantada a pleno sol. Gosta de solos férteis e úmidos, porém com boa drenagem.

Mudas enxertadas desta variedade são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos na árvore

Detalhe da árvore carregada de frutos


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Manga Maçã ( Mangifera indica )

MANGA MAÇÃ

( Mangifera indica )


Também conhecida como Manga Coração de Boi, a Manga Maçã é uma variedade de mangueira muito cultivada comercialmente na região de Limeira-SP. Apresenta frutos grandes, variando de 400 a 700 gramas por fruto. Possui casca avermelhada e polpa de cor amarela. Seus frutos além de grande beleza, são doces, suculentos e sem fibras.

Árvore moderadamente vigorosa e de copa aberta, frutifica de Novembro a Janeiro. Seus frutos podem ser consumidos in-natura, sucos, geleias e compotas.

Planta de fácil cultivo, aceita a maioria dos solos. Deve ser plantada a pleno sol. As mudas enxertadas desta variedade inicia a produzir frutos em 1 ano após o plantio das mudas.

Mudas desta variedade são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Dimensões dos frutos


quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Papo de Peru ( Aristolochia gigantea )

PAPO de PERU

( Aristolochia gigantea )


Trepadeira muito ornamental e vigorosa nativa do Brasil. Produz lindas flores enormes de aparência bizarra, sendo que estas antes de desabrocharem possuem um "papo" como o da ave peru, assim se originou seu nome popular.

Além das belas flores, suas folhas de cor verde vibrante são em formato de coração. Sua florada exala um forte odor para atrair insetos para realizar a polinização, porém nada que chegue a incomodar.

Planta muito ornamental, é ideal para uso no paisagismo. Deve ser plantada junto a cercas, treliças, caramanchões ou pérgolas. Apesar de seu crescimento ser muito vigoroso e rápido, pode ser facilmente controlado com podas esporádicas. Com manejo constante é possível cultivá-la em grandes vasos.

De fácil cultivo e poucos cuidados, aceita a maioria dos solos. Gosta de umidade constante, porém com boa drenagem. Não tolera geadas e climas frios. Deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe da flor aberta e fechada

Utilizada em pérgola em frente de residência

Exemplo de Papo de Peru cultivado em vaso





terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Hamélia Laranja ( Hamelia patens )

HAMÉLIA LARANJA

( Hamelia patens )


Pequeno arbusto ornamental nativo das Américas que produz grande quantidade de flores e frutos, estes são atrativos para diversas espécies de pássaros, borboletas e beija-flores. Arbusto de rápido crescimento,chega a ficar com no máximo 3 metros de altura.

Produz grande quantidade de flores de coloração amarela-alaranjadas. Frutifica principalmente no período de Dezembro a Abril, seus frutos são inicialmente vermelhos, e quando amadurecem adquirem cor preta. Podem ser consumidos in-natura, porém não são muito apreciados.

Ótima planta para uso no paisagismo bem como para atrair pássaros, borboletas e beija-flores. Pode ser plantada individualmente formando arbustos ou em conjuntos formando lindas cerca-vivas. Também com podas esporádicas é possível cultivá-la em vasos ou transforma-la em uma arvoreta, sendo assim apropriada para arborização urbana.

Planta rústica de fácil cultivo, aceita a maioria dos solos. Deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra. 

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe da planta florescendo em grande quantidade

Detalhe das flores

Detalhe da grande quantidade de frutos ainda verdes

Detalhe dos frutos