sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Araçá Piranga ( Eugenia leitonii )

ARAÇÁ PIRANGA

( Eugenia leitonii ) - RNC 35194


Árvore de pequeno porte quando cultivada, e de médio porte quando encontrada nativa na Mata Atlântica. O Araçá Piranga produz grande quantidade de frutos amarelos de casca aveludada, com polpa espessa e carnosa, de agradável sabor adocicado. Estes podem ser consumidos in-natura, sucos, sorvetes, geleias e doces.

Frutifica geralmente no período de janeiro a março. Aconselhamos sempre o consumo dos frutos quando estão totalmente maduros, pois se não estiverem totalmente amadurecidos, possuem leve adstringência e um leve amargor final.

Espécie muito ornamental, seu tronco adquire varias tonalidades no decorrer do ano, sendo desde cores acinzentadas e alaranjadas, até chegar finalmente na cor vermelha-ferrugíneo, geralmente na primavera. Uma excelente opção para uso no paisagismo, pois além do lindo tronco, produz também bela florada branca no período anterior a frutificação.

Árvore com madeira de excelente qualidade, que não pode faltar em reflorestamentos. Também é uma excelente opção para arborização urbana, pois quando cultivada em áreas urbanas dificilmente passa dos 6 metros de altura.

De fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra. Gosta de solos férteis e úmidos, porém com boa drenagem. Começa a frutificar em 3 a 4 anos após o plantio das mudas.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Detalhe do fruto cortado

Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos

Tamanho dos frutos

Um belo exemplar de Araçá Piranga florescendo na propriedade do nosso amigo Flores Welle em Holambra-SP

Detalhe da florada

Detalhe das flores

Detalhe dos frutos ainda verdes na árvore

Detalhe dos frutos maduros na árvore

Detalhe de árvore carregada de frutos

Exemplar de Araçá Piranga frutificando na arborização urbana

Vários exemplares na arborização urbana

Arvoreta na arborização urbana com tronco avermelhado

Arvoreta na arborização urbana com tronco alaranjado

Detalhe do exuberante tronco do Araçá Piranga

Detalhe do tronco do Araçá Piranga

Detalhe do tronco do Araçá Piranga




quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Araçá Amarelo ou Branco ( Psidium ( cattleyanum ) cattleianum )

ARAÇÁ AMARELO ou BRANCO

( Psidium ( cattleyanum ) cattleianum ) - RNC 25349


A variedade de Araçá mais conhecida, o Araçá Amarelo é uma frutífera de pequeno porte nativa principalmente das restingas litorâneas do Brasil. Produz grande quantidade de pequenos frutos inicialmente de casca verde clara, onde quando totalmente maduros, ficam de coloração amarela viva. Sua polpa suculenta é de sabor doce, levemente ácido, sendo muito agradável para consumo in-natura, ou em sucos, geleias, doces e sorvetes.

Planta de formato arbustivo ou de pequena arvoreta, mal passa de 3 metros de altura. Pode ser cultivado facilmente em vasos e frutificar. Também é uma excelente opção para arborização urbana. Produz linda florada amarela no período de setembro a dezembro, e frutifica no período de janeiro a março.

Variedade de araçá de fácil cultivo, deve ser plantado a pleno sol ou meia sombra. Aceita a maioria dos solos, inclusive os mais arenosos. Começa a frutificar em menos de 1 ano após o plantio da muda.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Detalhe do fruto cortado

Tamanho dos frutos

Frutos ainda verdes na planta





sábado, 6 de janeiro de 2018

Puruí ou Marmelada do Campo ( Cordiera ( Alibertia ) humilis )

PURUÍ ou MARMELADA do CAMPO

( Cordiera ( Alibertia ) humilis ) - RNC 23402


Arvoreta ou arbusto nativo principalmente do Cerrado, a Marmelada do Campo, também é conhecida em certas regiões como Marmelada de Cachorro ou Puruí Miúdo. Frutífera ainda pouco conhecida, porém é uma excelente opção para cultivo em vasos, pequenos espaços ou pomares caseiros.

Produz frutos de cor inicialmente verde, e conforme amadurecem, adquirem coloração negra. De polpa carnosa e de sabor muito doce, possui consistência pastosa, semelhante a marmelada caseira. Podem ser consumidos in-natura, sucos, sorvetes e doces.

Frutifica principalmente durante o período do verão, porém pode ocorrer outras produções no decorrer do ano. Na natureza, é uma importante fonte de alimento para fauna, com destaque para os cachorros do mato e pássaros.

Planta rústica, aceita a maioria dos solos, menos os encharcados. Deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe do fruto cortado


Detalhe dos frutos


Detalhe dos frutos


Tamanho dos frutos


Tamanho dos frutos


Detalhe dos frutos


Detalhe dos frutos na planta


Uma muda de Marmelinho do Campo produzindo com baixa estatura no Viveiro Ciprest


Detalhe de uma planta cultivada em vaso frutificando


Detalhe dos frutos







sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Manga Australiana Kensington Pride ( Mangifera indica )

MANGA AUSTRALIANA KENSINGTON PRIDE

( Mangifera indica )


Cultivar excepcional de manga selecionado na década de 60 em Bowen, no estado de Queensland, na Austrália. Atualmente mais de 80% das mangas produzidas em solo australiano são desta variedade.

Apresenta frutos de formato ovalado, com casca em tons de verde, amarelo e vermelho. Sua polpa quase sem fibras, é muito doce, de excelente sabor. Pode ser consumida in-natura, sucos, geleias, doces e compotas.

Mudas enxertadas desta variedade podem ser facilmente cultivadas em vasos grandes e frutificar satisfatoriamente. Variedade com grande potencial comercial. Planta de médio porte e de rápido crescimento.

De fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra. Gosta de solos férteis, porém também pode ser plantada em solos pedregosos e secos. Mudas enxertadas inicia a frutificação em aproximadamente um ano.

O Viveiro Ciprest comercializa sazonalmente mudas deste cultivar. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos

Tamanho dos frutos





quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Jatrofa Amarela ( Jatropha podagrica )

JATROFA AMARELA

( Jatropha podagrica ) - RNC 35326


Variação da tradicional Jatrofa, esta variedade produz lindas flores pequenas em grande quantidade de cor amarela viva. Floresce quase o ano todo, com maior enfase na primavera e no verão. Planta de aparência muito exótica.

Muito ornamental, a Jatrofa Amarela conforme se desenvolve, apresenta caule tortuoso e engrossado na base. Uma planta de destaque para uso no paisagismo em jardins rústicos, principalmente em conjunto com cactáceas, ou como planta para vasos.

Planta de fácil cultivo, aceita a maioria dos solos, inclusive os mais secos. Não tolera apenas solo encharcado. Planta de pequeno porte, mal passa de 1 metro de altura. Deve ser plantada a pleno sol.

Mudas desta variedade são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe das flores

Detalhe das flores

Planta cultivada em vaso




quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Manga Espada ( Mangifera indica )

MANGA ESPADA

( Mangifera indica )


Uma das variedades mais tradicionais e produtivas, a Manga Espada produz frutos de polpa doce e fibrosa, de excelente sabor. Estes podem ser consumidos in-natura, sucos, geleias, doces, sorvetes e compotas.

Mudas enxertadas desta variedade podem ser facilmente cultivadas em vasos grandes e frutificar satisfatoriamente. Planta de médio porte e de rápido crescimento.

De fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra. Gosta de solos férteis, porém também pode ser plantada em solos pedregosos e secos. Mudas enxertadas inicia a frutificação em aproximadamente um ano.

Mudas enxertadas desta variedade / cultivar são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos